A violência urbana e a rigidez da telefonia

by

A violência urbana na cidade de Kinshasa, capital do Congo, ultrapassou todos os limites, como informa a agência de notícias Reuters.

Ao todo já são 13 os curandeiros presos suspeitos de aplicar um duro golpe em suas vítimas: roubar seu pênis.

my precious
My precious

O roubo ocorre quando os curandeiros tocam suas vítimas fazendo com que seus preciosos encolham ou simplesmente desapareçam.

Rádios locais vêm alertando a população para evitar o contato com pessoas que se mostrarem muito prestativas, principalmente aquelas vestindo anéis de ouro.

bushring
One ring to rule them all

O chefe de polícia Jean-Dieudonne Oleko acredita que esta seria apenas uma brincadeira de mau gosto mas, as vítimas não pensam da mesma maneira:

“When you try to tell the victims that their penises are still there, they tell you that it’s become tiny or that they’ve become impotent. To that I tell them, ‘How do you know if you haven’t gone home and tried it’?”

Segundo Alain Kalala, que vende créditos telefônicos perto da delegacia, a história é real:

“It’s real. Just yesterday here, there was a man who was a victim. We saw. What was left was tiny.”

Realidade?
Viral de mais uma obra de Tolkien?
Ameaça americana?
Oportunidade para spammers?

Talvez um pouco disso tudo.

Mas o que me deixou realmente em dúvida ao final da matéria é:

Que tipo de documentos é preciso mostrar para se comprar créditos telefônicos no Congo?

fonte: The 404

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: