Mandaram falar e agora o sujeito não cala mais essa maldita boca…

by

Acordei com a sensação que fui convidado para participar do último filme do Gondry, o Be Kind, Rewind. Ao invés, acabei aqui, sendo gentil e rebobinando. Como só conheço a Rachel entre os rebobinhos, acho que vou me apresentar. Aí quando chegar a hora vocês sabem quem xingar.

Quando eu nasci eu era apenas um bebê. Depois fiz um mestrado bacana, no ITP -NYU : Intergalactic Telecommunications Program, (Interactive segundo alguns descrentes). Ao contrário do Media LAb do MIT, que cria coisas que ninguém sabe pra que serve, o foco do ITP é utilizar tecnologias existentes de maneira criativa, como por exemplo, interagir com o computador sem usar teclado, monitor e mouse. Um exemplo disso é esse projeto aqui, o LOT`S WIFE (não reparem, eu era um jovem). Sendo incapaz de aprender noções básicas de eletrônica, foi um verdadeiro parto. No final o projeto ficou seis meses em exibição na Tisch School of the Arts, da NYU. O curso é duca e vc monta de acordo com os seus interesses. No meu caso, a grade foi essa aqui.

Terminado o mestrado, fui apresentado ao Larry Dobrow, pelo Washington Olivetto. O Larry escreveu um dos três livros mais importantes sobre publicidade segundo o New York Times, When Advertising Tried Harder. O Larry me conseguiu um estágio em uma consultoria criativa para agências de publicidade, chamada ITVR – International Television Repair, onde tive a honra de trabalhar com Stephen Frankfurt, cujos créditos vão da abertura de O Sol é Para Todos (1962) a ser o mais jovem presidente da Y&R aos 36. Em troca dei aulas de computador pro Larry, que vendo minhas capacidades de copy-paste com atalhos e drag-and-drop, achou que eu era um gênio.

Larry, além de ser o guru do Nizan Guanaes, acabou virando meu sócio em uma produtora de animação 3d, a TSI Animation. Ano passado ganhamos dois cyber-lions, com Bandeira e Lenço.

Eu tenho dois gatos, Mao-Tse-Tung e Lacan. Tenho um blog, o Neural Noise onde desovo historinhas do Cachaça e sua turma, Clark, Jovem e Judeu, além de aventuras no Canadá (sem ursos), Nova Jorque (onde tive o privilégio de ser assaltado à mão armada) e Paris (onde até os bebês fumam)

Nunca consigo vencer os +1000 items que inundam meu Google Reader, mas os que acho dignos de serem partilhados aparecem nesse rss aqui

E prometo que esse aqui é o único post que falo de mim aqui.

Pra terminar com dentes brancos e hálito puro, tem uma coleção muito legal de anúncios dentais lá no Inventor Spot, que vale uma visita:

Anúncios

4 Respostas to “Mandaram falar e agora o sujeito não cala mais essa maldita boca…”

  1. Rachel Palhano Says:

    Bem-vindo, papiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii 😀

  2. Marcio Machado Says:

    bem-vindo. Peca Eclipse e Coristina sensacionais!

  3. neuralnoise Says:

    Marcio e Rachel, muchas gracias!

  4. Escrava Isaura Says:

    Mais um que chega pra enriquicer meu dia a dia!
    😀
    Já começou mandando bem, adorei seu post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: